STYLE – DICAS DE COMO SE VESTIR

Padrão

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemJeans

A calça azul e desbotada é a peça mais democrática de todos os tempos.

Criada pela dupla Levi Strauss e Jacob David no final do século 19, a calça era feita de brim grosseiro, rebites, tachas e outros reforços, para atender às exigências dos trabalhadores.

O primeiro modelo com essa inovação recebeu o código 501, originando dessa forma o nome do mais famoso modelo da Levi’s.
Desde que caiu no gosto dos rebeldes, dos hippies e dos jovens, veste bem desde a pessoa mais simples e descontraída à mais elegante.

O primeiro estilista a colocar os jeans na passarela foi Calvin Klein, já na década de 1970.
O que existe entre mim e minha Calvin? Nada. Era esse o tom da campanha de lançamento.
Existem dezenas de modelos de jeans lançados todos os anos por todas as marcas.
O que varia de uma estação para a outra? As lavagens, os bolsos, os apliques e acabamentos.

Tradicional: Também é chamada de five pockets e segue a linha da 501. Tem a cintura no lugar, pernas retas e veste bem a maioria das pessoas.

Antifit: Segue a modelagem da 501, é fechada por botões, tem cintura mais baixa, pernas mais largas. Não cai tão bem, mas é superconfortável.

Bootcut: Ainda uma five pocket com bocas mais largas, para ser usada com botas.

Baggy e semibaggy: Têm a cintura no lugar, quadril arredondado e o corte das pernas é afunilado.

Oversized: É o jeans muito folgado, alguns números acima do seu manequim, conhecido hoje por boyfriend. Fica péssimo em baixinhas e gordinhas, que parecem ainda mais baixinhas e gordinhas.

Skinny: É agarrada dos quadris às pernas, abaixo dos joelhos. Gorduchas? Nem pensar.

Tight Fit ou Slim Fit: Sua cintura é baixa, é justa nos quadris e pernas, com corte afunilado ou reto.

Cigarette: Bem justa de cima a baixo, tem cintura baixa e pernas mais curtas.

No passado: O jeans já teve suas versões bolso faca e pregas, nenhum bolso, clochard. Tudo pode quando se trata dele.

Cores: São elas que variam a cada estação, vão desde o denim escuro e original aos coloridos.

Lavagens: São muitas, e a cada ano descobrem-se novas possibilidades nas
lavanderias. Alguns efeitos são: marmorizado, desbotado negativo, dirty (manchados), délavé (esbranquiçado), used (usado).
O que é destroyed? É o jeans rasgado, desbotado, destruído e com jeito de já ter sido muito usado, mesmo que seja novo.

Qual jeans cai bem para cada corpo? Só experimentando para saber. Não existem regras.
O que é péssimo:
– Jeans que revelem os defeitinhos do seu corpo.
– Calça pequena para você.
– O rego do bumbum à vista.
– Barriguinha saliente caindo por cima da cintura baixa.
– O modelo da moda, mas que fica horrível em você.

Sucesso made in Brazil.
Nossos jeans vestem estrelas como Christina Aguilera, Meg Ryan, Jennifer Lopez e Britney Spears. Por quê? São mais sexies, têm cintura baixa, o índigo misturado ao tactel é mais leve e o corte, mais alto atrás e nas laterais, e mais baixo na frente, deixa o bumbum mais bonito.

Misturas finas.
Jeans combina com tudo: com camiseta, com regata, com camisas básicas, com malhas e pulls, com blazers, paletós e casaquetos, com brilhos e paetês, com tênis, rasteiras, sapatilhas, botas e até saltos altíssimos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s